Contact Information

Theodore Lowe, Ap #867-859
Sit Rd, Azusa New York

We Are Available 24/ 7. Call Now.

Eu, normalmente, não gosto de nada no meio do caminho. Claro, né? Sou ariana (lembra?) e o “meio” pra mim é sempre complicado, apesar de os budistas deixarem claro que o caminho do meio é sempre o melhor caminho… ou o mais sábio. Será? Pois eu tenho certa dificuldade de pôr em prática esse ensinamento. E… bem… Estou falando tudo isso para lembrar que pra tudo nessa vida (por mais que pareça regra) , há sempre uma exceção. A minha é essa: adoooro cabelo “meio preso, meio solto”… #nemcanemla

meio preso 07

Na verdade, sempre fui adepta do cabelo preso… Você deve estar pensando: – O quê? Como??? Ela está sempre com a cabeleira solta por aí nas fotos dos eventos, editoriais, produções…
Pois é, meu bem! Trabalhando quase sempre solto… porque é o que mais gostam de ver…

meio preso 08

Agora, no meu dia-a-dia e no meu novo programa “Papo de Cozinha com Dri e Alê” (Discovery Home&Health/ terças, às 21h20) o “picumã* está sempre preso! Ok, Ok! Na cozinha é mesmo de bom tom que seja assim… Mas na minha vida pessoal, é mesmo quase regra.

Dri-Papocozinha

AMO um coquinho -alto ou baixo- bem feito!
Mas o tal nem cá, nem lá nos cabelos -acredite- É fashion… E cá pra nós, hoje em dia, esse cabelo “dormido e despenteado” faz a cabeça das mulheres mais famosas do mundo. #cabelomoderno

famosas

Seja qual for o pente que te penteia… Esqueça! Arrisque não usá-lo…
Em casa, na balada ou até num casamento, eu acho que ESSE “meio-termo” cai muito bem!
E, detalhe: Pelo fato de ser “meio” despenteado, dá pra arriscar fazer sozinha e apostar no estilo “casual”
#facavocemesma #ficaminhadica

>>*PICUMÃ (pra quem nunca ouviu): teias de aranha, foligem, cinza, poeira… “O fogão de lenha está cheio de picumã” – lembrando a trilha de Gal Costa em composição de Jorge Ben Jor – “cabeleira”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *