Contact Information

Theodore Lowe, Ap #867-859
Sit Rd, Azusa New York

We Are Available 24/ 7. Call Now.

Tem aquela sensação de que 24 horas não são suficientes para cumprir todos os compromissos de 1 dia? Cada vez mais conectados, trânsito, trabalho, casa, família etc – assim como cuidar do corpo, é fundamental alimentar o cérebro, porque manter o foco e o desempenho em nível altíssimo requer cuidado especial. Conhecidos como nootrópicos, alguns alimentos, suplementos e bebidas com propriedades neuroativadoras estão na mira dos adeptos a um estilo de vida saudável.

 

O assunto não é novo, existe de 1972, mas virou febre no Vale do Silício, região onde ficam as principais empresas de alta tecnologia e seus gênios, que usam esse recurso para aumentar a concentração e a produtividade no desempenho cerebral. Conhecido como neuronutrição, o consumo de certos compostos químicos, aminoácidos e vitaminas, privilegiam substâncias que agem aumentando o fluxo sanguíneo e o fornecimento de nutrientes para o cérebro, estimulando a formação de novos neurônios, além de novas conexões e sinapses.

Prontos na prateleira ou manipulados em farmácias específicas, eles não trazem no rótulo o termo nootrópicos, então é preciso saber qual é o mais indicado para o seu caso. Para ter uma ideia de alguns dos principais elementos que se encaixam nessa categoria, você pode começar a se familiarizar com os nomes e seus benefícios:  Magnésio L-Treonato (atua nos neurônios, aumentado a função cognitiva e, consequentemente, foco e aprendizado), o Neuravena (obtido a partir de uma variedade de aveia silvestre, possui bioativos que ativam o cérebro) e o Serenzo (extrato natural para o gerenciamento do estresse e diminuição da insônia, o que auxilia na manutenção das funções cerebrais). Ricas em benefícios ao corpo e mente, medicinas tradicionais chinesa e indiana trazem fitoterápicos como Ginkgo biloba, Bacopa monnieri, Convolvulus pluricaulis e Rhodiola rósea, que também atuam nesse sentido.

Outros exemplos incríveis de nootrópicos in natura são o salmão, que é rico em DHA, e ovos, fonte de fosfatidilserina, chá preto, rico em teanina e cafeína, e o chá verde, que também conta com as catequinas. Completando essa lista, verduras, frutas, cereais e carnes, carregam vitaminas e minerais fundamentais para a saúde do cérebro.

Como cada pessoa possui necessidades nutricionais diferentes, somente o seu médico pode te orientar quais, eventualmente, você precisa complementar. #saude #mentesaudavel #foco